Batismo

Sobre o Batismo

Os pais ou responsáveis pela criança devem ser católicos.

A criança deve ter menos de sete anos de idade. Caso a criança tenha sete anos ou mais, informe-se na secretaria paroquial sobre como batizá-la.

Os pais ou responsáveis devem procurar a secretaria da paróquia para fazer uma ficha de inscrição na qual constará os dados da criança: nome completo, data de nascimento, nome dos pais e padrinhos, endereço dos pais e padrinhos, etc. Essas informações são necessárias para ser efetuado o registro do batismo nos livros da paróquia.

Para o preenchimento correto da ficha de inscrição é preciso apresentar a certidão de nascimento da criança, cópia ou original.

Ser padrinho de Batismo é uma grande honra. Compete aos padrinhos assegurar, juntamente com os pais da criança, que ela receba uma sólida formação na fé. Por isso, os padrinhos não podem ser escolhidos apenas pelo critério do afeto, mas devem ser, também, pessoas católicas (pois, como alguém que não professa a fé católica pode ajudar o outro a fazê-lo?) e casado na Igreja ou solteiro (pois, como educar na fé quando eu mesmo não vivo de acordo com a minha fé, sendo eu amasiado ou casado só no civil?).

Antes do batizado da criança, pais e padrinhos devem participar do Encontro de Preparação para o Batismo, que é o meio pelo qual a Igreja garante que pais e padrinhos estejam conscientes do que estão pedindo para seu filho ou afilhado, e do compromisso de fé que abraçam.

Ninguém está dispensado de participar do Encontro de preparação para o Batismo, mesmo por motivo de trabalho.

Depois de participar do Encontro de preparação para o Batismo, os pais devem procurar a secretaria da Igreja para confirmar a data do Batismo e pagar a taxa correspondente.

Tanto para o Encontro de preparação para o Batismo, como para a celebração do Batismo, não é permitido atraso. Por isso, pais e padrinhos se organizem para chegar no horário correto.

No final da celebração do Batismo, seguindo antiga tradição da Igreja, os pais que assim desejarem, poderão consagrar a Nossa Senhora, nossa mãe do céu, seu filho (a). Para esta Consagração a criança poderá ter os mesmos padrinhos de Batismo como padrinhos de consagração ou outro casal como padrinhos de consagração.

Os padrinhos de Consagração não precisam participar do Encontro de preparação para o Batismo.

Se os pais da criança não moram nesta paróquia, eles deverão solicitar, na paróquia que residem, a Autorização para batizar nesta paróquia e deverão participar do Encontro de preparação para o Batismo ou na paróquia que residem ou aqui, e deverão apresentar o Comprovante de participação no Encontro de preparação para o Batismo.

Se os padrinhos são de outra cidade, eles podem participar do Encontro de preparação para o Batismo na sua paróquia de origem, mas deverão trazer o Comprovante de participação no Encontro de preparação para o Batismo.






Livros Registro de Batismo:
1898 1899 1900 1901